REGIME TRIBUTÁRIO

A escolha do regime tributário é um dos passos mais importantes para o sucesso de uma empresa, pois trata-se de um conjunto de leis que tem a função de determinar como a empresa pagará pelos seus tributos obrigatórios.

Para escolher adequadamente, é preciso realizar um planejamento tributário, uma análise que vai te ajudar a enxergar qual regime trará uma carga mais leve de tributos envolvidos, evitando assim um impacto negativo desnecessário na receita da sua empresa.

Há três tipos de regimes de tributação que podem ser adotados pelas empresas: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

Os empresários costumam procurar o Simples Nacional em primeiro lugar, pois ele oferece: alíquotas menores que os outros; administração tributária mais simplificada, com a facilidade da arrecadação ser feita por meio do pagamento de uma única guia.

Já as empresas optantes pelo Lucro Presumido ou Lucro Real precisam ficar atentas às exigências de cada um dos tributos exigidos. Isso inclui tanto a sua fórmula de cálculo quanto o prazo para o seu pagamento.

Não conhecer ou ignorar as formas de tributação poderá representar um recolhimento de impostos acima ou abaixo do que é legalmente exigido, vindo a causar impactos, como a imposição de multas e processos administrativos contra a empresa.

É muito importante que o empresário entenda como os regimes tributários se comportam no seu negócio e que ele usufrua dos benefícios ao escolher àquele que gerará menor carga tributária.

O sistema tributário brasileiro está sempre mudando as suas regras e exigências. Por isso, é essencial contar com acompanhamento de uma equipe especializada que conheça a agenda tributária para não deixar passar nenhum detalhe.